INFORMAÇÃO CBM

A CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) informa que as equipes que estão disputando o Campeonato Brasileiro de Motocross 2013 devem inscrever os times para participarem do “Campeonato de Equipes”.
O chefe de equipe de cada “escuderia” deve enviar para o e-mail da Confederação (cbm@cbm.esp.br) o nome oficial da equipe, além dos nomes completos de todos os pilotos que defenderão o time e as respectivas categorias no Brasileiro.


A data limite para as equipes enviarem os dados é até, o dia 19 de junho, a quarta-feira que antecede a 3ª etapa da Temporada, em Sorriso (MT), nos dias 22 e 23. As “escuderias” que não se cadastrarem dentro deste prazo não poderão mais participar do Campeonato de Equipes.

Até o momento, a equipe Honda / Mobil / Pirelli / IMS lidera na categoria com quatro pilotos ou mais. Entre as escuderias com três pilotos, a Basso Racing é a que somou mais pontos. A Pro Tork Racing Team está na ponta da categoria equipes com dois pilotos e a Endomed Motocross Racing entre as escuderias com apenas um pilotos.
Veja a classificação: http://www.cbm.esp.br/sistema/classificacao.php?campeonato=250&ano=&organizador=CBM&idModalidade=13.

Campeonato de Equipes
A CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) colocará também em disputa este ano o título por equipes. A ideia é premiar as escuderias que somarem mais pontos durante todo o campeonato. “É uma forma de valorizar e incentivar essas equipes que desenvolvem um excelente trabalho e oferecem estrutura para os pilotos, contribuindo para o nosso esporte”, explica o diretor de Motocross da CBM, Roberto Boettcher.
A disputa será da seguinte forma: equipes com apenas 1 piloto, escuderias com dois pilotos, com três e quatro ou mais. Na com categoria de times com apenas um competidor, o piloto que somar mais pontos na temporada dará o título à equipe. Já nas demais será feita a soma dos pontos dos pilotos por etapa.

Os pontos valerão por todas as categorias inclusive pelas que serão disputadas em quatro etapas. Por exemplo, a equipe pode contar com pilotos em categorias distintas, como na MX1 e na Júnior. Os dois somam pontos para o ranking. No final da temporada a equipe que tiver somado mais pontos levará o título de equipe campeã, seja individual ou na somatória de todos os pilotos que defendem a escuderia.
Saiba mais também sobre a competição por equipes pelo site da CBM: http://www.cbm.esp.br/noticias.php?idNoticia=2055.

Emilia Chacom e Reginaldo Rizzo - Comunic.Ativa
             Assessoria de Imprensa CBM