PEPE BUENO

Reabilitado, focado e empolgado. É desta maneira que o paranaense Pepê Bueno vai encarar a sexta etapa do Brasileiro de Motocross 2013, que acontece no próximo fim de semana, 14 e 15 de setembro. 

O atleta corre na categoria MX2 – motos de 250cc – na cidade de São José, na Grande Florianópolis, capital do estado catarinense, na pista que recebe o nome de um dos pilotos que Pepê admirava na infância – João Paulino Júnior, o Marronzinho.
Esta será apenas a terceira participação de Pepê na categoria MX2 do campeonato brasileiro. O atleta correu na abertura, em abril, e depois em Aracaju, pela quarta rodada. Nas datas das demais etapas, Pepê estava treinando e competindo nos Estados Unidos. 
“Fiz duas viagens para o Brasil para participar do campeonato nacional. Neste “bate e volta” é sempre complicado por causa do cansaço da viagem, do fuso-horário, da diferença de solo. Agora, que estou no Brasil há mais de um mês, já competi em provas regionais por aqui, acho que posso melhorar meu desempenho no Brasileiro”, analisa o piloto.
“Correr em uma pista que leva o nome do Marronzinho será muito emocionante. Gostava muito dele, via ele andar desde que eu era muito pequeno. Era uma grande pessoa”, lembra Pepê, que já está completamente recuperado da forte queda sofrida durante a segunda etapa do Arena Cross 2013, há cerca de 30 dias.
Até o momento, o melhor resultado de Pepê no Brasileiro de Motocross 2013 foi o nono lugar na segunda bateria de Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul, onde na primeira bateria ele teve problemas mecânicos e foi obrigado a abandonar. Em Aracaju, o piloto conquistou 10-12 nas baterias. 
“Sei que posso fazer melhor, e agora me sinto mais preparado. Quero pelo menos andar entre os oito melhores, que não é pouca coisa por causa do alto nível técnico do campeonato. Têm muitos pilotos fortes. Hoje, estar entre os dez na MX2 é estar entre os melhores. Analisando, qualquer um dos dez primeiros no campeonato têm chances de ganhar uma bateria”, diz o piloto de 16 anos.
Pepê vai para a disputa com uma Suzuki 250F e patrocínio de FMF, DP Brakes, RSMX, Alpinestars, Answer, Renthal, ARC, Fitness by Lori, Stocovich, Posey e Multiciclo.