PISTA - FINAL DO BRASILEIRO DE MOTOCROSS

A preparação para a Final do Campeonato Brasileiro de Motocross está a todo vapor. A 8ª e última etapa da competição será realizada entre os dias 8 e 10 de novembro, em Senador Canedo, distante cerca de 20 quilômetros de Goiânia (GO).

Máquinas na pista, somente as que preparam o traçado para receber os melhores pilotos do Brasil. A pista de Senador Canedo terá aproximadamente 1.600 metros. “Será muito boa. Uma das melhores da temporada. O terreno é uma mistura de saibro, terra vermelha e uma parte mais arenosa”, ressalta o diretor de motocross da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e presidente da FMG (Federação de Motociclismo do Estado de Goiás), Roberto Boettcher.
Triplo, sessão de costelas, duplos, king e mesa são alguns dos obstáculos que os pilotos vão encontrar na pista. “Vai ter de tudo um pouco. Estamos aproveitando bem o declínio do terreno. Será uma atração a mais nesta etapa”, conta Boettcher.
Além das baterias de 10 categorias pela 8ª etapa, algumas classes vão encarar provas que tiveram que ser adiadas. As corridas das categorias  Junior e 65cc, que não ocorreram na 5ª etapa realizada em Lauro de Freitas, na Bahia, por causa da forte chuva que caiu no fim de semana do evento, serão realizadas na tarde de sexta-feira, 8.
Já a 2ª bateria da categoria MX1 que também foi adiada durante a 7ª etapa da competição, realizada em Foz do Iguaçu (PR), acontecerá no sábado, 9.
Inscrições
As inscrições podem ser feitas com desconto até às 16h do dia 6 de novembro, quarta-feira que antecede o evento, pelo site da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo): http://www.cbm.esp.br/sistema/proximos-eventos.php?organizador=CBM&idModalidade=13 . Mais informações também podem ser obtidas no regulamento suplementar.
O valor da taxa é de R$180 para as categorias MX1, MX2 e MX3. Para as classes 65cc, Junior e as adicionais da etapa, MX4, MXF e Nacional 230cc, as inscrições custam R$100.  Depois do prazo, somente na secretaria de provas que será instalada no local do evento, com acréscimo de 50% no valor, sendo cobrado R$270 e R$ 150, respectivamente. Para os pilotos da 50cc A/B o valor é R$50.
A 8ª etapa tem a organização da Pódio Projetos Esportivos, realização da da FMG (Federação de Motociclismo do Estado de Goiás) e supervisão da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo). Os patrocinadores locais são: TV Anhanguera, Moto Aires, Prefeitura de Senador Canedo e Secretaria de Estado de Indústria e de Comércio de Goiás.
O Campeonato 2013 tem o patrocínio da Rinaldi, Honda, Yamaha, X Motos do Brasil, Petrobrás, Lubrax, IMS Racing, Peterlongo e Circuit.
Programação:
QUINTA-FEIRA  - 07/11
14h às 18h - Secretaria/Vistoria

SEXTA-FEIRA - 08/11
8h às 12h - Secretaria/Vistoria - todas as categorias

TREINOS LIVRES
12h às 12h20 - MX3
12h25 às 12h45 - Junior
12h50 às 13h05 - 65cc
13h10 às 13h40 - MX2
13h45 às 14h15 - MX1
14h20 às 14h35 - Junior - Cronometrado
14h40 às 14h50 - 65cc - Cronometrado
14h55 às 15h10 – MX4
15h15 às 15h30 – Nacional 230cc
15h35 às 15h50 – MXF
15h55 às 16h10 – 50ccA e 50ccB
PROVAS adiadas da 5ª etapa
16h30 – Junior
17h10 - 65cc
17h50  - Junior e 65cc - PÓDIO

SÁBADO - 09/11
TREINOS CRONOMETRADOS
8h20 às 8h35 - MX4
8h40 às 9h10 - MX1
9h15 às 9h30 - Nacional 230cc
9h35 às 9h50 - MXF
9h55 às 10h10 - 65cc
10h15 às 10h30 - 50ccA e 50ccB
10h35 às 11h05 - MX2
11h10 às 11h30 - Junior
11h35 às 11h55 - MX3
PROVAS
14h - MX4  (15min + 2 voltas)
14h30 - MX1 (30min + 2 voltas)  -2ª bateria adiada da 7ª etapa
15h15 - NACIONAL 230cc (15min + 2 Voltas)
15h45 - MXF  (15min + 2 voltas)
16h15 - 65cc (15min + 2 voltas)
16h45 - 50ccA e 50ccB  (10min + 2 voltas)

DOMINGO - 10/11
WARM UP
9h às 09:15 - MX2
9h25 às 9h40 - MX1
9h50 às 10h05 - JUNIOR
10h15 às 10h30 - MX3
11h30 - ABERTURA OFICIAL

PROVAS
12h  - 1ª bateria MX2 (30min + 2 voltas)
12h50 -1ª  bateria MX1 (30min + 2 voltas)
13h40 – Junior (20min + 2 voltas)
14h30 - MX3 (20min + 2 voltas)
15h20 - 2ª bateria MX2 (30min + 2 voltas)
16h20 - 2ª bateria MX1 (30min + 2 voltas)
Fonte\ CBM