Resultado - Santa Cruz Radical 2014 foi assim


Santa Cruz do Capibaribe a cidade que chamamos do berço nordestino do motocross brasileiro, nesse domingo recebeu a final do estadual pernambucano, na 12ª edição do Santa Cruz Radical, o duelo foi de campeões, veja agora.


A foto da capa diz tudo, Santa Cruz Radical o motocross das multidões, a cada edição se destaca um piloto, esse ano de 2014, o destaque foi o João Vitor (Rota do Mar) 85\150cc \ mostrou em uma tocada forte e limpa, que vem forte para a temporada do ano de 2015.


Sem palavras para o organizador Ailson Barros, primeiro pela coragem e a ousadia de fazer um evento de grande porte como esse, motocross que posso falar a nível nacional, levando um toque de beleza com a pista toda banpiada, placas de patrocinadores, gradeada e bastante molhada, isso foi domingo na final do pernambucano de motocross, no Santa Cruz Radical 2014.

CORRIDA

Quero destacar trés pilotos, por conquistar o titulo de campeão pernambucano em duas categorias, primeiro o Alex Lucena, que pode bater no peito e dizer, esse foi o melhor ano da carreira como piloto de motocross, levando o estadual pernambucano da 230cc e nacional força livre.

Juninho (Motel Pura Sedução) o menino que chamo de casco de canoa, levou a 85\150cc e MX Intermediaria, para fechar com chave de ouro, venceu as duas categorias, levando os dois títulos e o primeiro lugar do pódio.

Gustavo Amaral, o garoto saiu da cidade de Borborema-SP; e veio morar em Santa Cruz do Capibaribe-PE; a busca era essa, conquistar o titulo do estadual pernambucano, assim fez, levou o titulo da MX-1 e MX-2.

RESULTADO DAS BATERIAS

85\150 - MX Intermediaria

Uma das categoria mais esperada, Juninho e Léo Feitosa precisavam da vitoria para levar o titulo de campeão, outro que tinha chances, era o Talys Nathan que vem de contusões, mesmo assim participou no esforço.

Juninho vence e leva o titulo de campeão, o show da tocada do piloto João Vitor chamou a atenção das arquibancadas, mesmo caindo na ultrapassagem do Leonardo, ficando com a terceira colocação, levantou bateu as mãos e veio a reação, chegou a colar no campeão Juninho. showww.conquista 

O Juninho também conquista o titulo de campeão da categoria intermediaria, essa bateria teve um inicio de duelo com o Yury Gabriel, piloto da Barra de São Miguel-PB; Juninho vence. 

CAMPEÃO 
Juninho #57

85cc

1\ Juninho
2\ João Vitor
3\ Léo Feitosa
4\ Talys Nathan
5\ João Pedro

MX Intermediaria

1\ Juninho
2\ Yuri Gabriel
3\ Pedro Henrique
4\ Igor Roberto
5\ Thiago Costa
_________________________________

MX-2 \ MX-1

CAMPEÃO
Gustavo Amaral 

As duas baterias veio um show dos irmãos Amaral, Anderson e Gustavo chegaram a disputar posições nas primeiras voltas, o caçula da família Anderson Amaral venceu as duas categorias, levando o primeiro lugar do pódio, Gustavo Amaral leva os dois títulos de campeão pernambucano da MX-1 MX-2.

MX-2

1\ Anderson Amaral
2\ Gustavo Amaral
3\ Arthur Gás
4\ Pedro Neto
5\ Ismael Filho

MX-1

1\ Anderson Amaral
2\ Gustavo Amaral
3\ Arthur Gás
4\ Pedro Neto
5\ Gabriel Messias
_______________________________

NACIONAL FORÇA LIVRE E 230CC

Alex Lucena o nome das duas categorias, saindo de trás como quem não queria nada, venceu a 230cc em tocada de mestre, segurando o primeiro lugar do pódio e o titulo de campeão.

Na categoria nacional força livre, Alex Lucena contou com a sorte, Gustavo Amaral abandona a prova com problema na motocicleta, Alex administra o segundo lugar e o titulo de campeão, fazendo a dobradinha da 230cc e nacional força livre, parabéns campeãooooo.

CAMPEÃO
Alex Lucena

230cc

1\ Alex Lucena
2\ Fabrício Freire
3\ Janiedson
4\ Diógenes Rufino
5\ Pikitinha

Nacional Força Livre

1\ Arthur Gás
2\ Alex Lucena
3\ Adrianinho
4\ Janiedson
5\ Diógenes Rufino 
_________________________________

50\65cc

O ultimo ano do piloto Massud Ramos na 65cc; vence a prova e leva o titulo de campeão pernambucano, agora é preparar para 2015 vim de 85\150cc.
Parabéns campeão.

A 65cc com grandes promessa para o ano de 2015, pilotos como Gabriel Duarte, Emerson Show, Alikinha, Breno Bala, os meninos deram um show na final do pernambucano.

CAMPEÃO
Massud Ramos

1\ Massud Ramos
2\ Breno Bala
3\ Alikinha
4\ Gabriel Duarte
5\ Emerson Show
_________________________________

MX-3

Eduardo Monte Belo fez o trabalho de pista com o resultado embaixo do braço, buscou se manter entre os top 10 para segurar o titulo de campeão pernambucano, Israel venceu a prova, mais o grito de campeão ficou para Garanhuns-PE; Eduardo Monte Belo é o nome dele.

CAMPEÃO
Eduardo Monte Belo

1\ Israel Feitosa
2\ Noca
3\ Alexandre Magno
4\ Evanio
5\ Kleber Morais
__________________________________

OPEN NACIONAL

A disputa dessa bateria era entre Israel Feitosa e Kelinho, um tombo nas costelas na frente da arquibancada 1 tira o Kelinho da disputa, deixando o Israel Feitosa com folga para conquista de mais um titulo de campeão.

A vitoria ficou para o paraibano da cidade de Campina Grande, Agazinho com uma boa tocada foi buscar o primeiro lugar do pódio, nas voltas finais.

CAMPEÃO
Israel Feitosa

1\ Agazinho
2\ Israel Feitosa
3\ Iran Melo
4\ Menta
5\ Jr. Quexinho
_____________________________________________

MX-4

Israel Feitosa vence a categoria, mais o titulo de campeão fica para o pernambucano de Recife Luciano Chaves, correu administrando a vantagem da pontuação.

CAMPEÃO 
Luciano Chaves
_____________________________________________

INICIANTE

1\ Jordanio
2\ Jeferson
3\ Lucas
4\ Jair
5\ Ramon
______________________

NACIONAL INTERMEDIARIA

CAMPEÃO
Lucas Matheus

1\ Lucas Matheus
2\ Rafael Feitosa
3\ Jordanio
4\ Alexandro
5\ Jair
_____________________________

125\200CC

1\ Adriano
2\ Lucas Matheus
3\ Bob Garra
4\ Neguinho
5\ Amauri
____________________

TRILHEIROS

1\ Anderson
2\ Lele
3\ Plinio
4\ Ligerinho
5\ Gleidson
_________________

Fonte\ CariraCross