Homenagem da Federação Cearense de Motociclismo


Na noite desta quarta (13), o piloto José Duarte (Blinclass, Capacetes Shark, Instituto Le Santé, Câmeras Replay, Macacões MSR) recebeu homenagem da Federação de Motociclismo do Ceará (FMC) durante a festa de premiação dos Melhores de 2015, realizada no Restaurante Piaff, localizado na cidade do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza).


Ao lado do pai, Wagner Duarte, que também foi homenageado, o atleta agradeceu por ter sido lembrado pela FMC e revelou ter como meta dar ao Ceará o primeiro título nacional de motovelocidade. Ele também lembrou das dificuldades superadas em 2015, principalmente por não poder usar a pista do Autódromo Virgílio Távora (no Eusébio) para treinamento.

"Quero agradecer à FMC na pessoa do presidente Roberto Ito por esse reconhecimento. É muito difícil disputar uma competição tão nivelada como é o Brasileiro de Motovelocidade com pilotos que estão treinando todo o dia nas pistas onde as corridas acontecem. Sempre dei o melhor de mim para representar bem minha terra. Espero que em 2016 o Autódromo Virgílio Távora seja liberado para provas de motovelocidade com cilindrada superior a 150cc, só assim eu poderei treinar mais para lutar de igual pelo título brasileiro, que é um sonho o qual persigo. Quero dar ao Ceará seu primeiro título brasileiro de motovelocidade. Estou muito feliz por essa homenagem, e agradeço muito aos que me ajudaram nessa batalha, sobretudo minha família, meu pai Wagner, minha mãe Paula, e meu irmão Wagner Filho", afirmou.

Wagner Duarte, após receber a homenagem junto de seu filho, também agradeceu a honraria, e avaliou a temporada de 2015 de seu primogênito.

"Esse ano foi um ano de muita superação para o Duarte. Eu confesso que ele superou minhas expectativas mais otimistas. Participar de um campeonato nacional e não poder treinar na única pista que existe em seu estado é algo impensado. O autódromo é gerido pela Federação de Automobilismo, e nem com a ajuda da Federação de Motociclismo, que sempre esteve do nosso lado, pudemos realizar um treino sequer e o Duarte teve de superar essa falta de treino andando o máximo possível nos fins de semana de corridas. Estou feliz por ver que a Federação de Motociclismo do Ceará enxergou esse esforço e isso ninguém tira, é dele, é algo inerente aos campeões. Espero que Deus, um dia, possa recompensar meu filho por toda sua luta e superação. Só temos de agradecer ao Roberto Ito e todos da FMC", disse Wagner.

Na premiação dos melhores do Motociclismo Cearense no ano de 2015, foram entregues os troféus dos campeões nas modalidades de rally, enduro e motovelocidade, além de vários homenageados.

Texto e Fotos: Robério Lessa.

CariraCross
Vem comigo Brasil