Confira o quadro de pilotos lesionados do motocross sergipano


A bruxa tá solta no motocross sergipano, confira o quadro de pilotos lesionados neste inicio de temporada com três rodadas do Arena Sergipe e uma do Estadual Sergipano. 



MORCEGÃO E MORCEGUINHO

Começando pela a Equipe Top Gram que está com seus dois pilotos lesionados, Wendel Morcegão machucou o ombro na abertura da Copa Bahia de MX e Iuri Morceguinho que vem sendo destaque nas competições também machucou o pulso na prova de Carira Sergipe, corrida valida pelo Arena Nordeste de Motocross e terceira etapa do Arena Sergipe de MX. 

GLEIDSON GOIS 

O itabaianense que voltou as pistas de motocross em 2018 com fome de vitoria, depois de vencer no Arena Sergipe de Motocross e na Copa Alagoana de Motocross, foi com tudo para abertura do estadual sergipano em Porto da Folha, mas infelizmente saiu da prova sem pontuar e lesionado da clavícula. 

Recebemos a informações do piloto Gleidson Gois nesta terça-feira(11) que já foi feita a sua cirurgia de clavícula e que está em total repouso aguardando a liberação medica para voltar as pistas de motocross, mas isso de voltar as competições será por volta de três meses o tempo de recuperação. 


EQUIPE HIDROSISTEM 

Piloto Neto Pardal vem com lesão seria de joelho e depois da segunda etapa do Arena Sergipe de Motocross que rolou em Aracaju ficou ainda mais seria a sua lesão, o caso é de cirurgia, mesmo assim ele vem forçando em busca da pontuação, chegando a Porto da Folha na abertura do estadual sergipano de motocross sustentado em uma moleta, aonde chegou a largar para pontuar. 

DIEGO PARDALZINHO 

O Pardalzinho vem se destacando na categoria 65cc; mostrou que será uma das promessas para o motocross nordestino na corrida da abertura do estadual sergipano de motocross em Porto da Folha, mas infelizmente na semana seguinte buscando aperfeiçoar ainda mais a sua pilotagem, acabou caindo e fraturando a clavícula, agora aguardar a recuperação e volta as competições. 

Fonte\ CariraCross