Historia de um campeão que virou lenda


Nesta segunda-feira(17) tive o prazer de reviver a historia do BETO LEÃO, lenda do ciclismo nordestino que partiu prematuramente para a eternidade com apenas 36 anos de idade. 




Homem chamado de Leão da Selva não pensava e não queria parar de pedalar, Beto Leão com 36 anos de idade treinava forte todos os dias e participava das grandes competições do Nordeste na forte categoria elite com atletas de menor idade com preparo físico elevado, o Beto era sempre um dos atletas de linha de frente nas competições que participava, mostrou isso em uma prova com a narração CariraCross valido pelo o ranking nacional na Fazenda Aroeira em São Cristóvão-SE. 

Na melhor fase da sua carreira como atleta profissional do ciclismo brasileiro, o coração do Beto Leão parou na chegada de um dos treinos em Santa Cruz do Capibaribe Pernambuco a sua terra natal, Beto Leão partiu para eternidade deixando o ciclismo brasileiro de luto. 

Esta semana visitamos o Sr. ZIZA sogro do Beto que acompanhava o atleta em algumas competições, ele fala da saudade e guarda em um quarto da sua casa a rica historia do campeão, historia que tem titulo de campeão brasileiro, titulo do 24h Brasil Ride e muito mais. 

Não vamos esquecer a historia desse atleta que viveu para o ciclismo, Betão Leão não morreu, porque o campeão não morre, ele vira lenda. 


Fonte\ CariraCross